Defesa de tese do professor Antônio Zappalá para a cadeira de Anatomia Descritiva da Faculdade de Medicina da Universidade do Recife

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52329/AvanMed.49

Palavras-chave:

Antônio Zapalá, Universidade Federal de Pernambuco, Cátedra de Anatomia, Medicina, Defesa de Tese

Resumo

Um dos autores (FC) descreve um momento histórico que presenciou ainda como estudante de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco, no ano de 1958, quando ocorreu o concurso para a Cátedra de Anatomia, vencida por um jovem médico mineiro de 28 anos, o professor Antônio Zapalá, que teve toda a sua formação, desde a graduação, dirigida para uma carreira acadêmica dedicada à Anatomia. A banca foi presidida pelo professor Barros Lima, catedrático da cadeira de Ortopedia e composta pelos seguintes professores: Rui Neves Batista (Universidade do Recife), Álvaro Froes da Fonseca (Rio de Janeiro), Rafael de Menezes e Silva (Salvador) e Ruy Romano da Silva Romariz (Faculdade de Medicina e Cirurgia do Pará, Belém). O título da tese que o professor Zappalá defendeu foi “Contribuição para o estudo da anatomia dos vasos e das “zonas vasculares lienais”. Dados anatômicos no homem e experimentais no cão para aplicação na lienectomia parcial”, que foi a vencedora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-07-18

Como Citar

1.
Cruz F, Valença MM. Defesa de tese do professor Antônio Zappalá para a cadeira de Anatomia Descritiva da Faculdade de Medicina da Universidade do Recife. am [Internet]. 18º de julho de 2022 [citado 7º de dezembro de 2022];2(1):15-9. Disponível em: https://jornalavancosmedicina.com/index.php/am/article/view/77

Edição

Seção

HISTÓRIA DA MEDICINA

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>